Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Companhia do Feijão celebra 15...

Companhia do Feijão celebra 15 anos e apresenta novo espetáculo

Publicada em : 15/04/2013

Montagem, “Armadilhas Brasileiras” será encenada em mais seis capitais brasileiras


Completando em 2013 o seu 15º ano de existência, a premiada Companhia do Feijão apresenta, a partir do mês de abril, a conclusão de seu projeto de investigação artística, que tem como principal resultado a montagem do espetáculo “Armadilhas Brasileiras”. Com o patrocínio da Petrobras, a temporada tem início no dia 19 de abril, às 21h no Espaço da Companhia do Feijão, e incluirá ainda uma programação complementar com uma série de encontros, debates e leituras em São Paulo e em outras seis capitais brasileiras.

Com direção Pedro Pires, que também assina a dramaturgia ao lado de Zernesto Pessoa, a montagem traz no elenco os atores Fernanda Haucke, Fernanda Rapisarda, Flávio Pires, Guto Togniazzolo e Vera Lamy, que interpretam os artistas de um grupo de teatro que encena a história de uma crise econômica que leva os trabalhadores a iniciar um processo revolucionário e tomar o poder. Porém dentro deste grupo existem posições diferentes com relação a como se contar essa história, alterando o rumo proposto inicialmente.  As apresentações acorrem às sextas e sábados às 21h, domingos e segundas às 20h.

Intersecções - O processo de pesquisa da Companhia do Feijão tem o objetivo de investigar o homem brasileiro, do histórico ao contemporâneo, em seu confronto com as dificuldades que encontra pelo caminho. “Essas ‘pedras’ pelo caminho são relacionadas ao sistema em vigor, suas variações e o impacto que provocam nos comportamentos deste homem (desejo x realidade)”, explica o dramaturgo Zernesto Pessoa. Ele acrescenta ainda que “com quase 15 anos de trabalho neste domínio, o foco agora está no apuramento das relações artísticas dentro do núcleo criativo e ainda suas intersecções com outras linguagens artísticas, notadamente a música, as artes plásticas e o cinema, além da literatura, esteio da companhia desde sua criação”.

“Entre as circunstâncias que permeiam o projeto, destaca-se a atualidade da discussão sobre as ‘armadilhas’ a que estamos sujeitos num país tão desigual. Uma mescla cruel entre o ultramoderno e o ultrapassado, onde necessidades básicas de sobrevivência são solapadas pela mercantilização dos sonhos e do bem-estar, gerando toda sorte de violências, sobretudo as mais sutis”, completa o diretor Pedro Pires. Para ancorar esse estudo, a companhia realizou atividades regulares de preparação e treinamento internas e abertas ao público, trabalho de campo e diálogos com outros coletivos artísticos e representantes de correntes várias de pensamento.

Sinopse

“Armadilhas Brasileiras” trata de uma “fábula” sobre um grupo de teatro que está encenando uma peça em estilo épico (atores-narradores). Ambientada nos anos 20, ela tem como tema uma crise econômica mundial, a revolta dos trabalhadores dela decorrente e o desenlace final: uma revolução trabalhadora e a tomada do poder. Porém, durante a encenação surge internamente entre os atores (que são também os autores da peça) um conflito sobre os rumos da história, com questionamentos antagônicos sobre conteúdo e formas de sua representação. O acirramento deste embate leva a um “golpe cênico”, que muda a história que vinha sendo contada, criando um impasse final.

Atividades Complementares

Além da temporada de “Armadilhas Brasileiras”, a Companhia do Feijão apresentará ainda uma série de atividades complementares, que serão realizadas nas cidades de Natal, Recife, João Pessoa, Goiânia, Brasília e Rio de Janeiro. A programação inclui encontros multiformato durante a temporada em São Paulo, reunindo debates, leituras e projeções referentes a temas abordados durante o processo; lançamento e distribuição de documentário em vídeo do processo; turnê de “Armadilhas Brasileiras” no segundo semestre, acompanhado do espetáculo “Mire Veja” e exibições do documentário e oficinas de teatro e literatura em Brasília, Goiânia, João Pessoa, Natal, Recife e Rio de Janeiro.

Serviço

Espetáculo “Armadilhas Brasileiras”

Local: Companhia do Feijão

Temporada: 19 de abril a 17 de junho de 2013

Horários: sextas e sábados às 21h, domingos e segundas às 20h

Ingressos: grátis – distribuição por ordem de chegada, sem possibilidade de reserva – bilheteria aberta uma hora antes das apresentações

Classificação etária: 14 anos

Duração: 120 minutos

Capacidade: 50 lugares

Endereço: – R. Dr. Teodoro Baima 68 – República

Telefone: (11) 3259.9086

Fonte:Sylvio Novelli