Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Marcelo Yuka nas telas do cine...

Marcelo Yuka nas telas do cinema

Publicada em : 23/11/2012

Filme conta com as participações especiais dos músicos da banda O Rappa, BNegão, Manu Chao, Cibelle, entre outros


Vencedor do Prêmio de Melhor Montagem no Festival do Rio 2011, o documentário estreia no dia 30 de novembro nas principais cidades do país. O longa-metragem mergulha na última década da vida do músico, compositor e ativista Marcelo Yuka, revelando a profunda transformação pela qual o artista passou desde que foi baleado numa tentativa de assalto no Rio de Janeiro.

Com a cumplicidade de quem explorou por oito anos a vida do ex-baterista e ex-líder do Rappa, sua condição de paraplégico após ter levado nove tiros e sua inquietude pessoal e política, a diretora condensou em 95 minutos a trajetória do músico, expondo os pensamentos, medos e ideologias desse artista complexo e irreverente.

“Além de uma história biográfica, o que me impressionou é que o filme tem esse caráter de entretenimento também”, comentou Marcelo Yuka. “Não é só um recorte da vida de alguém, mas contar essa história pode ser relevante para uma outra pessoa. O filme tem essa questão, que acho bem legal: tem mais do que a construção de um mito. Minha história tem uma coisa trágica, mas os momentos mais relevantes não são aqueles que estão em torno da tragédia, mas os momentos que estão em torno de um homem comum."

Além de uma narrativa biográfica, o documentário aborda temas como a relação do ser humano com o corpo e a dor, a pesquisa e tratamento com células-tronco, o casamento e o amor, a produção musical fora dos grandes mercados e os direitos autorais, além do debate sobre questões sociais e segurança pública.

O roteiro de MARCELO YUKA NO CAMINHO DAS SETAS cria uma convivência transparente e sem truques com as transformações na vida do músico. A montagem do vasto material de arquivo e das mais de 130 horas de filmagens conduz o espectador por cenas inéditas ou pouco vistas, como os bastidores da saída de Yuka do hospital logo após ter sido baleado. Entrevistas antigas e cenas extra-oficiais da banda O Rappa, ensaios e gravações do grupo F.UR.T.O – formado pelo artista após o incidente – e imagens domésticas e bastante íntimas do seu dia-a-dia também compõem a produção. Além disso, o documentário conta com participações especiais dos músicos da banda O Rappa (Marcelo Falcão, Xandão, Lauro Farias e Marcelo Lobato), BNegão, Manu Chao, Cibelle, Apollo Nove, Aleh Ferreira e Pedro Bernardes.

O “caminho das setas” do título foi inspirado no que dizia o poeta Waly Salomão a Marcelo Yuka num episódio relatado no documentário. Assim como o músico, o filme também revela suas próprias mudanças, buscando constantemente sentidos e caminhos diversos. Ao longo de uma década, três formatos digitais foram utilizados (DV, HDV e HD), partindo de uma resolução com menos qualidade à alta definição. A evolução tecnológica do filme foi seguindo as mudanças do personagem (e de toda uma geração), marcando esteticamente as diferentes etapas de sua vida.

“Eu achava que a história do Marcelo tinha que ser contada e que o Brasil precisava conhecê-lo pelos seus diferentes ângulos. Não é a fabricação de um herói ou de um mártir,” diz Daniela Broitman, que também é a roteirista e produtora do filme, e amiga pessoal de Yuka. “Há no filme um processo de busca pela paz, tanto do personagem como minha, e que se desloca durante o correr dos anos do mundo externo para o interno.”

Realizado pela VideoForum Filmes, Daniela conquistou para o projeto a prestigiosa bolsa John Simon Guggenheim Memorial Foundation, pela qual pôde aprofundar a pesquisa de imagens e temas abordados no filme, principalmente sobre pesquisas relacionadas à célula-tronco. No final de 2010, o projeto foi um dos vencedores do Programa Cultural Petrobras e, em seguida, um dos quatro longas-metragens selecionados no edital da Filme Rio - Rio Film Commission.

Com distribuição da Tucumán Filmes em conjunto com a VideoForum Filmes, o documentário estreia no dia 30 de novembro nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Florianópolis, Salvador, São Luís, Porto Alegre e Palmas.

FICHA TÉCNICA
Ano: 2011
Gênero: Documentário
Duração: 95 minutos
Formato: digital
Janela: 16:9
Áudio: 2.0 e 5.1
Direção, Produção e Roteiro: Daniela Broitman
Assistente de Direção: Julia Kurc
Direção de Fotografia: Reynaldo Zangrandi
Som direto: Bruno Espírito Santo, José Moreau Louzeiro, Júlio Mauro
Montagem: Jordana Berg
Edição de Som e Mixagem: Denilson Campos
Música Original: Berna Ceppas
Finalização: Tiago Arakilian / Titânio Produções

Fonte:Cinnamon Comunicação