Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Camerata Fukuda faz concerto n...

Camerata Fukuda faz concerto no Sumaré

Publicada em : 29/10/2012

O concerto é uma parceria do SESC com o Colégio Etapa


Com 24 anos vários prêmios em sua trajetória, como o APCA de melhor conjunto nacional (1991), a orquestra de câmara Camerata Fukuda executa Dardanus Overture, de Jean Philippe Rameau; Concertos para órgão, cordas e tímpanos de Francis Poulenc e Apollon, de Igor Stravinsky no dia 6 de novembro, às 21 horas, na Igreja Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

Fundada em 1988 pela violinista Elisa Fukuda e por Celso Antunes, seu maestro titular, a Camerata é formada por 23 jovens, muitos deles vencedores de concursos nacionais como, Prêmio Eldorado de Música, Concurso Nelson Freire, Jovens Solistas da Orquestra experimental de Repertório (OER) e Prelúdios, da TV Cultura.

Estiveram à sua frente maestros como Eleazar de Carvalho, John Boudler, Roberto Minczuk, Ernani Aguiar, Marcos Akaki, Roberto Tibiriçá e Paulo Nogueira, além de solistas como, Michael Faust, Miha Pogacnik, Wilton Wjuniski, Giuliano Montini, Gilberto Tinetti, Marta Herr, Peter Dauelsberg, Zygmunt Kubala, Raiff Dantas e Davi Graton, entre outros.

A Camerata mantém atividade constante, fazendo concertos pelo Interior de São Paulo, Brasília, Minas Gerais e Rio de Janeiro, além de se apresentar com frequência no Teatro São Pedro, Cultura Artística e Theatro Municipal de São Paulo.

Na sua carreira, a orquestra de câmara já gravou cinco CDs - As Quatro Estações de Vivaldi, Concertos para Violino de J. S. Bach, Convergências, com obras de compositores brasileiros, Shostakovich e Haydn, no Theatro São Pedro, e em 2009 lançou o Camerata Fukuda 20 anos, com obras de Vivaldi, Havakawa, Hindemith e Britten.

Serviço:
Camerata Fukuda e Marcelo Giannini (Órgão) – Dia 6 de novembro, às 21 horas, na Igreja Nossa Senhora do Rosário de Fátima. Av. Dr. Arnaldo, 1831, Sumaré.
Concerto em parceria do SESC com o Colégio Etapa, sob regência de Celso Antunes e participação do solista Marcelo Giannini, ao órgão. No programa, Jean Philippe Rameau, Francis Poulenc e Igor Stravinsky.
Livre para todos os públicos. Grátis.

Fonte:Arteplural Comunicação