Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Pais e Filhos

Pais e Filhos

Publicada em : 20/09/2012

O romance Pais e Filhos é considerado uma das obras mestras da ficção, publicada originalmente em 1862


O SESC São Paulo, o SESC Pompeia e a mundana companhia (incentivada pelo Programa Municipal de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo e apoiada pelo Instituto Cultural Capobianco) trazem ao Brasil o diretor russo Adolf Shapiro para a montagem do espetáculo Pais e Filhos, adaptação do romance homônimo de Ivan Turguêniev. A estreia acorre no dia 28 de setembro, sexta, às 21h, no Teatro do SESC Pompeia.

A trama gira em torno do protagonista Bazárov, jovem médico, um niilista declarado, incapaz de acreditar em qualquer coisa que não seja mensurável pelas ciências naturais. Bazárov é um intelectual materialista, que nega o amor, a arte, a religião e a tradição. Junto com o amigo e seguidor Arkádi, Bazárov viaja pelo interior da Rússia para passar as férias da primavera em família. Nesse deslocamento, os dois encontram-se diante de caminhos a escolher, e começam a travar um embate de ideias, causando conflito entre pessoas diferentes.

A descrença de Bazárov vai deixando rastros por cada lugar em que passa, tocando cada indivíduo que a dupla encontra pelo caminho. A frieza de seu pensamento e a ironia que destila desmonta as estruturas sociais atingindo os costumes e valores da aristocracia rural. Não escapam ao confronto os parentes de Arkádi (seu pai Nikolai e o tio Pável) e de Bazárov (o pai Vassíli e a mãe Arina). Em suas andanças, os jovens conhecem também Kúkshina, o protótipo da mulher falsamente emancipada; Sítnikov o patético discípulo niilista; Feniêtchka, a camponesa ingênua e crédula; Kátia, a jovem pronta para o amor, e sua irmã Odíntsova, cuja beleza e frieza de sentimentos ameaçam a descrença nas paixões apregoada por Bazárov.

Diante da fragilidade humana, revelada pela potência do amor, os jovens percebem-se incapazes de encontrar apoio nas ciências naturais. As divergências em torno dos sentimentos motivam o gradual afastamento entre o médico Bazárov e seu fiel escudeiro Arkádi.

FICHA TÉCNICA:
Autor: Ivan Turguêniev
Adaptação e direção geral: Adolf Shapiro
Tradução: Diego de Oliveira e mundana companhia
Coordenação teórica: Elena Vássina
Elenco:
Sergio Siviero - Bazárov
Silvio Restiffe - Arkádi
Luah Guimarãez - Arina Vlassievna [mãe de Bazárov]
Donizeti Mazonas - Vassíli Ivanovitch [pai de Bazárov]
Vanderlei Bernardino - Nikolai Petróvitch [pai de Arkádi]
Luís Mármora - Pável Petróvitch [tio de Arkárdi]
Beatriz Morelli - Feniiêtchka
Lúcia Romano - Anna Sergueievna Odíntsova
Sofia Botelho - Kátia
Sylvia Prado - Kúkshina
Fredy Allan - Sítnikov
Pedro Guilherme - Piotr
Cenografia: Laura Vinci
Figurino: Marichilene Artisevskis
Desenho de luz: Cibele Forjaz e Wagner Antônio
Direção musical: Otávio Ortega
Direção de produção: Marlene Salgado

SERVIÇO:
Pais e Filhos estreia dia 28 de setembro no SESC Pompeia.
Temporada: até 11 de novembro, sextas e sábados, às 21h. Domingos e feriados, às 19h. Quintas (18/10, às 16h e 21h, e 25/10 e 01 e 08/11, às 21h).
Local: Teatro
Capacidade: 500 lugares
Duração: 2h40
Ingressos: de R$ 5,00 a R$ 20,00
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos
SESC Pompeia – Rua Clélia, 93
Telefone para informações: (11) 3871-7700
Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações ligue 0800-118220 ou acesse o portal www.sescsp.org.br.
Horário de funcionamento da Bilheteria – De terça a sábado das 9 às 21 horas e domingos e feriados das 9 às 19 horas (ingressos à venda em todas as unidades do SESC).
Formas de pagamento - Cheque, cartões de crédito (Visa, Mastercard e Diners Club International) e débito (Visa Electron, Mastercard Electronic, Maestro e Redeshop).

Fonte:Sylvio Novelli - Assessoria em Comunicação