Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ IBOPE em exposição

IBOPE em exposição

Publicada em : 19/09/2012

Os maiores sucessos da televisão brasileira também serão relembrados


O IBOPE apresenta, entre 25 de setembro e 18 de novembro, a exposição Opinião – O que o Brasil acha do Brasil. A mostra, que pode ser vista no novo espaço de exposições temporárias do Catavento Cultural e Educacional, museu de ciência e tecnologia da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, reúne a opinião de brasileiros registrada pelas pesquisas da empresa nos últimos 70 anos, além de dados históricos de audiência, consumo e comportamento.

A exposição apresentará como a opinião foi se formando e mudando consensos ou criando novos paradigmas de comportamento e aceitação dentro da sociedade. Para isso, serão utilizadas múltiplas dinâmicas de jogo, evidências de mídia, depoimentos audiovisuais e trechos de programas de televisão e rádio, além de produtos e campanhas de mídia de grande recall.

Os visitantes da exposição vão conhecer a evolução dos métodos de medição de audiência no país e os aparelhos peoplemeters (medidores) que já passaram pelos domicílios brasileiros. Além disso, um robô mostrará, em tempo real, como é a atual tecnologia de coleta e reporte dos dados de audiência.

Já na ala que simula um supermercado, o visitante vai encontrar nas prateleiras os produtos mais populares do país nos últimos 70 anos. A interatividade da exposição permite que o visitante leve o produto até um leitor de código de barras e relembre o seu anúncio na TV e no rádio.

Os maiores sucessos da televisão brasileira também serão relembrados. Televisores mostrarão os programas que registraram grande audiência, como coberturas jornalísticas, conquistas esportivas e novelas, entre outros.

E no ano em que o rádio completa 90 anos, uma jukebox vai tocar as dez músicas mais ouvidas pelos brasileiros em cada ano, entre 1942 e 2012. O visitante seleciona um mês e um ano e escuta a música mais tocada nas rádios naquela época, que passam por artistas como Dorival Caymmi, Luiz Gonzaga e Nara Leão, além de gêneros como bossa nova, samba-canção e rock.

Na seção Pitacos será exibida a evolução das opiniões dos brasileiros sobre questões polêmicas ao longo dos anos, como reforma agrária, alimentos transgênicos, aborto e homossexualismo. Já os bastidores da realização de pesquisas serão conhecidos no Confessionário, onde os colaboradores do IBOPE contam, em vídeos, histórias sobre situações curiosas que passaram durante a coleta de dados.

A linguagem interativa e imersiva da mostra foi desenhada por Marcello Dantas, criador de museus e exposições como o Museu da Língua Portuguesa, Museo del Caribe, Museu do Homem Americano, Museu das Minas e do Metal e Museu das Comunicações, além de exposições de grande porte como Bossa na Oca, Água Na Oca, Roberto Carlos, PeléStation, Pavilhão do Brasil na Expo Shanghai, entre outras.

Dantas, que é o curador da mostra, conta que a exposição é uma forma de entender como a opinião se manifestou na política, no consumo, na música, no comportamento, na televisão e em questões polêmicas da sociedade. “Conhecer as preferências dos brasileiros nos permite construir o retrato dinâmico de uma sociedade em mutação.”

Segundo ele, Opinião – O que o Brasil acha do Brasil não é uma exposição de arte e nem de história. “É uma exposição de vida. A opinião pública define o rumo do país, alça produtos ao sucesso, músicas nas rádios e cenas na memória. O IBOPE é o termômetro da opinião pública do país nos últimos 70 anos”, afirma o curador.

A exposição também marca a abertura ao público da área do Claustro no Catavento. “O Claustro ora retoma sua vocação histórica, que sempre foi um espaço voltado para exposições temporárias e que, após intervenção promovida pela Secretaria de Estado Cultura, sem perder suas características originais, oferecerá maior conforto ao público visitante”, esclarece o diretor executivo do Catavento Cultural e Educacional, Alberto de Lima.

SERVIÇO
Opinião – O que o Brasil acha do Brasil
Visitação: De 25 de setembro a 18 de novembro de 2012
Horário: De terça-feira a domingo, das 9h às 17h. Entrada até as 16h.
Local: Catavento Cultural e Educacional
Endereço: Palácio das Indústrias - Praça Cívica Ulisses Guimarães, s/no (Av. Mercúrio), Parque Dom Pedro II, Centro – São Paulo/SP
Quanto: R$ 6 e meia-entrada para estudantes, idosos e portadores de deficiência.
Idade mínima para visitação: recomendado para crianças a partir de seis anos
Como chegar: www.cataventocultural.org.br/mapas.asp
Acesso por transporte público: estação de metrô Pedro II e terminal de ônibus do Parque Dom Pedro II
Estacionamento: R$ 10 até 4 horas (para visitantes do museu). Adicional por hora: R$ 2,00 (capacidade para 200 carros). Ônibus e vans: R$20,00.
Infraestrutura: acesso para pessoas com deficiência locomotora.

Fonte:Blue Comunicação