Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Mulheres Alteradas estreia na ...

Mulheres Alteradas estreia na Mooca

Publicada em : 26/07/2012


No elenco, as atrizes Luiza Tomé, Mel Lisboa, Flávia Monteiro,atriz que teve destaque no papel da professora Carolina na novela ‘Chiquititas’, entre dezenas de outras novelas na Rede Globo (incluindo a antológica ‘Vale Tudo’), também ‘Pantanal’ na extinta Rede Manchete e ao lado de Luiza Tomé é também um dos destaques da novela, ‘Máscaras’ de Lauro César Muniz, na Record. Flavia Monteiro em ‘Mulheres Alteradas’ fará sua estreia em palcos paulistanos; as três atrizes interpretam três amigas para lá de cativantes e engraçadas. Daniel Del Sarto – ator que está no programa ‘A Turma do Didi’ - completa o elenco, interpretando vários personagens masculinos.

“(...) aquela que até ontem esperava dormindo, compra uma cinta liga; a executiva que administrava uma empresa quer viver em um camping; aquela que cuidava da sogra como sua própria mãe interna as duas em asilo; a magra vira uma vaca de gorda e a gorda perde vinte quilos”. Maitena

Porém, na adaptação brasileira, elas ganham nomes e personalidades: Lisa (Flávia Monteiro) é separada do marido, mãe de um único filho, inteligente, com preocupações fúteis, porém, em crise por conta de um nódulo que apareceu em um dos seios; Alice (Mel Lisboa) é uma mulher solteira, vive no “mundo da lua”, mas não desiste de encontrar o seu grande amor; já Norma (Luiza Tomé) é uma executiva pragmática, casada, com dois filhos e, agora, se depara com a terceira gravidez. Daniel Del Sarto incorpora vários personagens masculinos, sem nomes definidos e repletos de personalidades, os quais prometem criar uma identificação imediata com os homens presentes na plateia. Para enriquecer ainda mais a montagem a direção do espetáculo criou a Banda ALTERADAS, formada especialmente para a montagem, com 3 musicistas ( Elaine Giacomelli, Anne Santos e Clara Bass), que executam toda a trilha e efeitos do espetáculo ao vivo.

O texto de Andrea Maltarolli - novelista da TV Globo, que faleceu em 2009, após o grande sucesso de sua trama “Beleza Pura”-, com colaboração de Bernardo Jablonski, é uma adaptação inédita dos cinco volumes da série “Mulheres Alteradas”, de autoria da chargista e cartunista argentina Maitena.

O Brasil é o primeiro país a exibir uma adaptação da obra de “Mulheres Alteradas” para o teatro, direitos cedidos à produtora ‘manhas & manias de eventos’, que tem como produtor e sócio, o ator Maurício Machado.

Maitena negou a venda dos direitos de sua obra ao cineasta Pedro Almodóvar. A autora também não concedeu os direitos a produtores de cinema do México e dos EUA. Os palcos da Argentina, Espanha e México também não foram contemplados. Mas por conta do sucesso do Brasil, a mesma produção brasileira já estuda propostas de implantar o espetáculo em alguns países, e os direitos para o cinema também já foram negociados com a 02 filmes e co-produção com a manhas & manias de eventos, em breve o público também poderá ver a obra nas telas.

Respeitando as ideias de Maitena na abordagem de temas tão caros ao mundo feminino – como o corpo, moda, homens, amores, família, filhos, trabalho, o passar do tempo e a falta dele – essa versão cênica, 100% aprovada pela autora, é fiel ao retratar o seu talento e o humor ao compartilhar desse fascinante e misterioso universo rosa-choque.

A peça mapeia o discurso sobre a feminilidade presente no mundo contemporâneo dessas mulheres, assoladas por cobranças e demandas desgastantes e, às vezes, quase impossíveis de atender simultaneamente: trabalhar o dia todo, dentro de casa idem (e de forma exemplar!), serem mães maravilhosas, amantes insuperáveis e manter as boas formas física e estética. Isso, sem contar com a necessidade de ostentar uma vida emocional serena, equilibrada, a toda prova.

“Elas representam as figuras femininas, que em geral não possuem nomes, da quadrinista argentina Maitena. Essas personagens espelham características de uma mulher universal, cujos assuntos preferidos são: corpo, moda, homens, amores, família, filhos e trabalho”, resume Eduardo Figueiredo.

FICHA TÉCNICA:
Autora: Maitena
Dramaturgia: Andrea Maltarolli
Colaboração: Bernardo Jablosnki
Direção: Eduardo Figueiredo
Assistência de direção: Maíra Knox
Elenco: Luiza Tomé, Mel Lisboa, Flávia Monteiro & Daniel Del Sarto
Participação Especial: Banda Alteradas (Elaine Giacomelli Anne Santos e Clara Bass. )
Stand in: Pedro Nercessian e Tânia Paes
Direção Musical: Elaine Giacomelli e Eduardo Contrera
Direção de Arte, Cenário e Figurinos: Maíra Knox
Coreografias: Henrique Rodovallo – Quasar Cia. de dança
Preparação do Elenco: Daniela Biancardi
Criação de Luz: Guilherme Bonfanti
Assessoria de Imprensa: Daniela Cavalcanti (RJ) e Morente Forte (SP)
Estágio de Direção: Eric Mourão
Produção Executiva: Carlos Mendes e Carolina Flor Azcuaga
Assistência de Produção: Claudinei Nakasone
Administração: Marcelo Vieira
Direção de Produção: Maurício Machado
Realização e produção: Manhas & Manias de Eventos

SERVIÇO:
Estréia dia 03 de Agosto de 2012
Local: TEATRO ANHEMBI MORUMBI (760 lugares) - www.teatroanhembimorumbi.com.br - Rua Dr. Almeida Lima, 1176, Móoca – Próximo à Estação Bresser-Mooca do Metrô - Telefones: 2872-1457 e 2872-1458
Funcionamento da Bilheteria: De terça a domingo, das 14 às 19 horas. Em dias de espetáculo a venda na bilheteria pode ser feita até o início da peça ou pela internet
Ingressos pela internet: www.ingressorapido.com.br
Classificação etária: 12 anos
Horários: Sexta às 21:30 hs / Sábado às 21:00 hs / Domingo às 20:00 hs
Ingressos: R$ 40,00 (Sextas-Feiras) e R$ 50,00 (Sábados e Domingos) - (Aceita cartões de débito e crédito)
Acessibilidade: O Teatro tem acesso para deficientes e lugares e assentos para portadores de necessidades especiais
Reservas e grupos: (11) 3885-5056
Duração: 85 minutos
Classificação Indicativa: 12 anos
Gênero: comédia
Até 30 de Setembro de 2012

Fonte:Thiago Cavalcante