Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Inscrições para documentários ...

Inscrições para documentários latino-americanos

Publicada em : 01/06/2012

O catálogo CurtaDoc conta atualmente com 756 filmes brasileiros produzidos nos últimos 50 anos


O portal CurtaDoc (www.curtadoc.tv) primeiro catálogo brasileiro de documentários curtas-metragens na internet, amplia seu acervo para a América Latina. A partir de agora, realizadores de todo o continente latino-americano podem inscrever gratuitamente suas produções no site e participar de uma seleção para um programa de televisão exibido no Brasil. São aceitos documentários com duração de até 30 minutos, sem restrição de época, temas ou formatos de captação.

O CurtaDoc é uma realização da Contraponto (www.contraponto.tv), produtora de Florianópolis (SC). O projeto começou como um programa de televisão para o canal educativo SESCTV (www.sesctv.org.br) revelando uma seleção representativa do curta-metragem brasileiro no gênero documentário. A série semanal, no ar desde outubro de 2009, terá sua terceira edição dedicada a produções latino-americanas.

O catálogo CurtaDoc conta atualmente com 756 filmes brasileiros produzidos nos últimos 50 anos, que podem ser assistidos na íntegra e servem como fontes de pesquisa para realizadores, pesquisadores, professores, estudantes e interessados. O regulamento e a ficha de inscrição são bilíngues (português/espanhol) e estão disponíveis no portal.

Para inscrever seu curta-metragem, o realizador deverá disponibilizar um link do filme em um site de compartilhamento (YouTube, Vimeo, etc). Os documentários inscritos estão sempre em avaliação pela curadoria do CurtaDoc para participar de séries para televisão, mostras e festivais latino-americanos.

Na web o CurtaDoc foi lançado em junho de 2011 durante o FAM - Festival Audiovisual Mercosul, em Florianópolis. O catálogo de curtas tem como objetivo estimular ainda mais a discussão sobre a cultura do documentário e o espaço de exibição, potencializando o acesso aos filmes. A ampliação do acervo propiciará o mapeamento da produção latino-americana e a criação de uma rede de realizadores do continente.

Fonte:Contraponto