Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Capela do Morumbi se transform...

Capela do Morumbi se transforma em templo da cor

Publicada em : 08/05/2012

Para a artista, em essência, cor e Deus se confundem, uma vez que esta e a luz permeiam todas as experiências de vida


Ainda há controvérsia se a Capela do Morumbi, construída em 1949 sobre as ruínas da sede da antiga fazenda de chá existente no bairro, era, de fato, uma igreja ou uma fantasia poética do arquiteto modernista Gregori Warchavchik para dar charme ao loteamento imobiliário do local. Uma coisa, porém, é certa: a partir do dia 12, o espaço expositivo, uma das casas históricas que compõem o Museu da Cidade de São Paulo, transforma-se num verdadeiro templo, o da cor. Pelo menos é essa a intenção da artista plástica gaúcha, radicada em São Paulo, Lúcia Koch, ao inaugurar a instalação site specific "Cromoteísmo".

"Cromo vem da palavra grega chrôma, que significa cor", explica a artista. Para ela, em essência, cor e Deus se confundem, uma vez que esta e a luz permeiam todas as experiências de vida. "Por isso, dei à exposição o nome de 'Cromoteísmo", o culto à cor. Gostaria que o visitante, ao entrar nesse local, que tem arquitetonicamente a forma de uma capela, se sentisse como se estivesse num templo e se aproximasse do altar ficcional ali montado, com o respeito e a reverência devida a um deus."

Para conseguir esse efeito, Lúcia utilizou-se de um painel translúcido de 6 metros quadrados, retroiluminado com um degradê de cores. Instalado na sala central da Capela, ele funciona como um grande backlight que divide o espaço em duas partes. O espectador chega até ele e para, como diante de um altar. Complementando o clima místico, foi montado um pequeno "autoconfessionário", destinado à reflexão e meditação.

Serviço: Capela do Morumbi. Av. Morumbi, 5.387, Morumbi, Zona Sul. Tel. 3772-4301. Abertura: dia 12, das 14h às 18h. Em cartaz até dia 26/8. 3ª a dom., das 9h às 17h. Grátis

Fonte:Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo