Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Carroças viram obra de arte

Carroças viram obra de arte

Publicada em : 04/04/2012

O objetivo do projeto é tirar os carroceiros da invisibilidade através da arte, dando mais cor, alegria, reconhecimento e segurança pra esses agentes ambientais


Durante a Virada Sustentável, nos dias 2 e 3 de junho, dezenas de carroceiros verão seus veículos serem transformados em obras de arte por meio de uma grande evento de pintura e manutenção das carroças: o Pimp My Carroça.

Hoje, a cidade de São Paulo produz mais de 17 mil toneladas de lixo por dia e apenas 1% disso é reciclado. Os 20 mil catadores de materiais recicláveis da cidade, segundo o Movimento Nacional da categoria, são responsáveis pela coleta de cerca de 90% dos resíduos destinados a reciclagem. Pouca gente sabe, mas os catadores trabalham como verdadeiros agentes ambientais.

O nome do projeto, Pimp My Carroça, é uma brincadeira com os programas de televisão americanos e nacionais que “tunam” os carros, os deixando envenenados. A “pimpada” será feita em carros onde o motor é o próprio ser humano e o combustível a água e o alimento.

O desafio é pintar e melhorar a estrutura de dezenas de carroças numa espécie de pit stop, onde a carroça chega, passa por uma reforma estrutural, recebe itens de segurança, como retrovisores, faixas reflexivas, cordas e luvas. Além disso, a carroça vira uma tela para o trabalho de reconhecidos grafiteiros.

Enquanto tudo isso é feito, o carroceiro faz um lanche, ganha uma camiseta do projeto, passa por um clínico geral e um oftalmologista e conversa com um especialista em dependência química. No final do dia, acontece uma carroceata: uma exposição ambulante pelas ruas da cidade com as carroças recém pintadas, mostrando que cidadania, arte e meio-ambiente podem andar de mãos dadas.

O criador do projeto é o grafiteiro Mundano, que ao longo de cinco anos pintou mais de 150 carroças em várias cidades do Brasil e do mundo. Através do site de financiamento coletivo Catarse, o projeto arrecada fundos – que determinarão quantas carroças serão pintadas. 

Fonte:Lead Comunicação e Sustentabilidade