Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Me Engana Que Eu Gosto?!

Me Engana Que Eu Gosto?!

Publicada em : 04/04/2012

A Revista IN irá sortear ingressos para esta peça. Fique ligado em nossas Redes Sociais para participar!


"Me engana que eu gosto" conta a história de Carlinhos Bom de Boca (Loló Névves), um ex-gari e autêntico bom vivant que, ao perceber que o que dá dinheiro no Brasil é a religião e a política, resolve fundar sua própria igreja com o intuito de enriquecer de forma rápida e fácil. Desta forma, ele inaugura a “Igreja Fio Dental do Reino Carlinhos Bom de Boca”, primeira “instituição religiosa ecológica do País”.

Através de seus sermões como pastor, o personagem faz um tour pela vida política, econômica, social e cultural do País. Assessorado por Florípedes (Janaína Kaís), uma ex-funcionária de Brasília demitida na faxina ministerial promovida por Dilma, ele vai tentando arrebanhar fiéis para sua igreja e até se lança na política como candidato a prefeito por São Paulo.

Patrocinada pela CEMIG e USIMINAS, a peça tem a autoria de Loló Nevves, que redige, interpreta e dirige suas peças teatrais. Em seus trabalhos, a crítica social é constante, e o escracho com situações alarmantes do País como a fome, a pobreza e a desigualdade social são abordados de forma inteligente, levantando inúmeras inquietações através do humor.

Ficha técnica
Me Engana Que Eu Gosto?!
Texto e Direção: Loló Névves
Gênero: Comédia
Elenco: Loló Névves e Janaína Kaís
Classificação: 12 anos
Figurino: Loló Névves
Direção Musical: Cláudia Romano
Música: Loló Névves e Tânia Bicalho
Arranjos: Giovanini
Criação de luz: Fran Barros
Cenografia: Adriana Duad
Montagem Projeto Lei Roaunet: Rinaldi Comunicação
Criação e Artes Gráficas:Karicaturando.com.br
Execução Geral: Loló Névves Produções

Serviço:
Temporada: 04 de abril a 31 de maio
Dias: Quartas e Quintas às 21hs
Local:Teatro Augusta (Rua Augusta, 943, São Paulo) - Tel.:(11) 3151-4141
Capacidade: 302 lugares
Ingressos: R$ 30,00 inteira e R$15,00 meia (bônus promocional, estudantes, aposentados e maiores de 60 anos devidamente identificados).

Fonte:Hayai Assessoria de Imprensa e Comunicação