Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ O Idiota – Uma Novela Teatral

O Idiota – Uma Novela Teatral

Publicada em : 15/02/2012

A Oficina Cultural Oswald de Andrade inicia as comemorações de seus 25 anos com esta temporada

Baseada na obra do escritor russo Fiódor Dostoiévski, a montagem acaba de retornar de Bruxelas, onde se apresentou no Festival de Artes EUROPALIA. Desde que estreou em 2010, a peça ganhou o prêmio especial da APCA pela realização do projeto, e foi indicada a vários outros, em diversas categorias: prêmio BRAVO, Cooperativa Paulista de Teatro (melhor elenco e espaço não convencional), Shell (cenário, figurino, iluminação e direção) e o Questão de Crítica (iluminação, figurino, direção, ator, atriz, adaptação e elenco). Como se vê, não foram poucas.

A montagem está dividida em três partes, mas, diferentemente das temporadas anteriores, serão apresentadas em conjunto; portanto, cada sessão do espetáculo terá a duração de seis horas, com dois intervalos.

Para comemorar os vinte e cinco anos da Oficina Cultural Oswald de Andrade – um modelo de ensino artístico fora dos moldes acadêmicos, por onde passaram inúmeros artistas das mais novas gerações, dentre os quais vários artistas que compõem a equipe de O Idiota – Uma Novela Teatral, esta encenação fará uma ocupação de grande parte do seu edifício.

Esta será a terceira e derradeira temporada de O Idiota – Uma Novela Teatral na cidade de São Paulo. A primeira aconteceu entre março e maio de 2010 e a segunda entre janeiro e abril de 2011.

SINOPSE DO ESPETÁCULO
O príncipe Míchkin está de volta a São Petersburgo depois de um período na Suíça, onde estivera se tratando de epilepsia. Ao chegar a São Petersburgo, ele pretende procurar por Lisavieta, uma parenta distante com quem deseja travar conhecimento. Apesar de príncipe, Míchkin é pobre e, ao viajar num vagão de terceira classe do trem da rota Petersbugo-Varsóvia, ele conhece Ragôjan, um novo-rico que acaba de ganhar uma vultosa herança do pai, com a qual pretende arrebatar Nastássia Filípovna, mulher fatal, primeiro afilhada e depois amante de Tôtski, um milionário petersburguense. Arma-se aí um dos pilares de “O Idiota”. Ragôjan, protótipo do homem rude, é apaixonado por Nastássia, que, por sua vez, fica fascinada pela santidade de Míchkin, também “medusado” pela figura da concubina santa. A partir da segunda parte da peça temos Míchkin enredado em outro triângulo amoroso. Agora, em um dos vértices do triângulo está Aglaia, a filha de sua parenta Lisavieta, que fica fascinada com a possibilidade de Míchkin vir a ser o amante revolucionário com o qual ela tanto sonha. Nesse triângulo, Nastássia e Aglaia disputam o coração de Míchkin. Outros personagens envolvidos diretamente nesses triângulos tornam o enredo dessa história bem mais complexo, para além do simples jogo amoroso. No olho do furacão está Míchkin, que tem como falha trágica compadecer-se de todas as personagens à sua volta.

FICHA TÉCNICA
Autor: Fiódor Dostoievski
Tradução: Paulo Bezerra
Roteiro Adaptado: Aury Porto
Colaboração dramatúrgica: Vadim Nikitin, Luah Guimarãez e Cibele Forjaz
Direção: Cibele Forjaz
Assistente de Direção: Ivan Andrade
Elenco: Aury Porto, Beatriz Morelli, Fredy Allan, Luah Guimarãez, Luís Mármora, Otávio Ortega, Sergio Siviero, Silvio Restiffe, Sylvia Prado e Vanderlei Bernardino
Direção musical /Trilha sonora / Música ao vivo: Otávio Ortega
Operação de Som /Música ao Vivo: Ivan Garro
Cenografia: Laura Vinci
Assistente de Cenografia: Tatiana Tatit
Assistente de Objetos: Marília Teixeira
Contra-Regras: Dani Colazante e Jamile Valente
Figurinos: Joana Porto
Assistente de Figurino: Bia Rivato
Luz: Alessandra Domingues
Assistente e Operação de Luz: Luana Gouveia
Direção de Movimento: Lu Favoreto
Direção Vocal e Interpretativa: Lucia Gayotto
Arte gráfica: Simone Mina
Consultoria Teórica: Elena Vássina
Direção de Produção: Marlene Salgado
Realização e Produção: mundana companhia

SERVIÇO
Até 19 de março de 2012
Sábados, Domingos e Segundas às 18h
Local Oficina Cultural Oswald de Andrade - Rua Tres Rios, 363 – Bom Retiro – São Paulo/SP
Fones: 011 32215558 / 011 32214704
Lotação 80 espectadores por apresentação
Duração 6 horas e meia, com 2 intervalos (o 1º de 30 minutos e o 2º de 20 minutos)
Recomendação A partir de 14 anos
Acesso a deficientes
Entrada franca – Os ingressos da semana serão distribuídos na Oficina Cultural Oswald de Andrade às sextas-feiras a partir das 18h30.

Fonte:Canal Aberto Assessoria de Imprensa