Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Brasil no Oscar®

Brasil no Oscar®

Publicada em : 30/01/2012

O legendário músico brasileiro Sergio Mendes recebe sua primeira indicação ao Oscar na categoria Música

Trabalhando como produtor executivo musical no filme “Rio”, Mendes mais uma vez traz os distintos ritmos do Brasil para uma platéia global

“Muitas cidades não vêem com sua assinatura sonora, mas novamente, não são o Rio de Janeiro, onde, no novo filme animado em 3D “Rio”, pássaros se lançam em canções, reforçadas pelos ritmos das ruas e da floresta tropical. Capturar os ritmos musicais indígenas encantadores do Brasil e conhecer a cidade do Rio, era fundamental para os produtores da 20th Century Fox e da Blue Sky Studios, além duas últimas araras azuis em existência. Brasileiro, Carlos Saldanha dirigiu “Rio” cercando-se de colegas Brasileiros, incluindo o legendário Sergio Mendes, que atuou como produtor musical executivo. "A coisa mais bonita neste filme é que mostra a diversidade da música no Rio e no Brasil,” [Mendes]disse. "Há ritmos, melodias e sabores completamente diferentes." – Variety

“O brasileiro Mendes é uma perfeita combinação para o filme. Seus sons tropicais, seus grooves bossa nova e marcas de jazz fusions o fizeram ganhar múltiplos Grammys, além de venderem milhões de álbuns ao redor do mundo. Black Eyed Peas, Justin Timberlake, e Erykah Badu citam Sérgio como suas influências” - MTV Tr3s

Álbum Icônico de Mendes: HERB ALPERT APRESENTA SERGIO MENDES E BRASIL '66 Também são novos integrantes do HALL DA FAME DO GRAMMY, ao lado de Born In The U.S.A. de Bruce Springsteen , "I Have A Dream" discurso de Dr. Martin Luther King Jr., Exile On Main St dos The Rolling Stones, E Mais na Classe de Álbuns Significantes de 2012

“Um membro orgulhoso da geração que inventou a bossa nova… Sergio Mendes vendeu provavelmente mais discos nos Estados Unidos do que qualquer outro músico brasileiro na história... Navegando pela polirritmia vital da bossa nova com graça. Mendes fez o público cantar e dançar [transformando o local] em Carnaval” - The New York Times

Fonte:Cinnamon Comunicação