Cultura

Home/ Notícias Online/ Cultura/ Mil Mulheres e Uma Noite

Mil Mulheres e Uma Noite

Publicada em : 16/03/2017

Grupo As Meninas do Conto apresenta espetáculo adulto a partir de contos d’ As Mil e Uma Noites

Júlia Chequer
O Grupo As Meninas do Conto amplia seus horizontes de pesquisa e criação em seu primeiro espetáculo dirigido ao público adulto. Mil Mulheres e Uma Noite estreia dia 7 de abril, sexta-feira, às 20h, na Oficina Cultural Oswald de Andrade. Antes da estreia da temporada, o grupo apresenta o espetáculo em bibliotecas municipais, além de promover leituras encenadas de episódios da obra que não constam da adaptação teatral.

Contemplado com o Prêmio Zé Renato da Cidade de São Paulo, o espetáculo circulará pelas bibliotecas públicas da cidade. As próximas sessões acontecem na Biblioteca Hans Christian Andersen, no Tatuapé, nos dias 18 e 25 de março, sábados, às 20h. Além das apresentações haverá um encontro aberto ao público chamado Leituras para se Ouvir, com leitura encenada de trechos do livro As Mil e uma Noites, na sexta-feira, dia 17, às 17h. Todas as atividades são gratuitas.

A peça, com direção de Eric Nowinski e dramaturgia de Cassiano Sydow Quilici, tem como ponto de partida o livro As Mil e Uma Noites – uma das mais famosas obras da literatura árabe, reunindo uma coleção de contos escritos entre os séculos XIII e XVI – traduzida diretamente do árabe para o português por Mamed Mustafa Jarouche. A proposta é fazer ecoar a voz de Sheerazade, – que, para entreter o rei e salvar a própria vida, não se cansa de contar histórias – uma mulher que enfrenta a tirania dos homens com a potência das histórias. A perspectiva feminina é a força motriz para a dramaturgia.

Na peça, a voz dessa mulher é multiplicada pelas vozes femininas que compõem o grupo de sete atrizes. A dramaturgia sobrepõe as narrativas do livro a notícias contemporâneas de opressão feminina.

O livro contém fábulas de terror, piedade, amor, ódio, medos, paixões desenfreadas, atitudes generosas e de comportamentos cruéis, delicadas e brutais. A obra, de tradição oral árabe e persa, foi escolhida por ser uma referência universalmente reconhecida de difusão de contos populares.

Serviço:
MIL MULHERES E UMA NOITE.
Duração: 80 minutos.
Classificação etária: 12 anos.
Ingressos: Grátis.

BIBLIOTECA HANS CHRISTIAN ANDERSEN
Av. Celso Garcia, 4142 - Tatuapé - Telefone- 11 2295-3447.

Dia 17 de março, sexta-feira, às 17h - Leituras para se Ouvir.
Dias 18 e 25 de março, sábados, às 20h - Apresentação Mil Mulheres e Uma Noite.
Capacidade – 30 lugares.

Fonte:Adriana Balsanelli